quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Oi, meu nome é...

Lanço-me numa das tarefas mais difíceis para mim. Pois é, acho que ter que escrever com certa habitualidade sobre as coisas que penso e sinto acaba sendo uma coisa quase que humanamente impossível para minha pessoa.
Primeiro porque ainda tenho certa dificuldade em dizer aquilo que quero dizer e segundo porque ter um local onde as pessoas entram e vejam o que você realmente pensa, de certo modo é assustador.
Mas, pra rebater este último pensamento, logo de cara já me veio a cabeça os sites de relacionamento. Participo de quase todos que conheço e isso só me incomodou vez ou outra. Essa coisa de se expor só é complicada quando você percebe que está se expondo, de outro modo, a coisa flui naturalmente, como se você estivesse num grande corredor conversando com seus amigos enquanto todos passam e te veem, assim como você também os vê.
Já pra rebater o primeiro pensamento, digo logo de cara que geralmente eu digo uma coisa, a pessoa entende outra, eu penso que ela entendeu uma terceira coisa e no final das contas a gente acaba por criar um quarto pensamento desconexo dos demais, ou ainda a gente acaba por concordar que é melhor ir pegar uma gelada. Isso é possível?
Sei também que já tive outros blogs e que eles já nasceram falidos, blogs natimortos, filhos que não consegui gerar, pois não eram a minha imagem e semelhança, não tinham nada a ver comigo, apesar de que naquele momento tivesse achado que fossem a minha cara. Isto quer dizer: se eram a minha cara, eu não sabia quem eu era, e se não eram a minha cara, eu estava tentando justamente procurar qual era a minha cara. Saca?
Então, fazer este blog é meio que um raio de esperança nascendo na janela do meu quarto num domingo de manhã, mesmo que hoje seja quarta-feira.
Acho que por isso mesmo que resolvi assumir meu nome como nome e endereço do blog, sabe. Ou seja, mesmo que não demonstre aquilo que sou, sou eu, porque tem o meu nome, tem o meu rótulo, tem o meu certinho meio que pra cima, as minhas três listras, etc.

É isso, meus caros! Nos vemos em breve neste mesmo bat-horário e bat-local e espero que até com certa frequência!

2 comentários:

  1. cadê as três listras? ;O faz um blog da adidas!

    te desejaria sorte na empreitada, se acreditasse em sorte e achasse que você precisa dela. um abraço.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget